Perdas na casa dos R$ 7,1 bilhões no setor preocupam supermercadistas

Assunto vai ser debatido durante fórum organizado pela AMIS na próxima terça-feira, 13 – Reprodução Internet

Algo na casa dos R$ 7,1 bilhões. Isso é o que os supermercados brasileiros perdem anualmente em todas as formas de perdas. As cifras preocupam, e muito, especialistas e diretores de supermercados que vêm buscando meios de diminuir esse impacto que chega a 2,1% do faturamento bruto do setor. Os dados são relativos a 2016, últimos disponíveis, constantes em pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Para dimensionar melhor esse número de perdas, ele é superior ao faturamento (R$ 5 bilhões) da maior empresa supermercadista brasileira com capital 100% nacional e muito próximo do faturamento do terceiro maior grupo supermercadista do nacional, que foi de R$ 9 bilhões em 2016 (os dados finais do setor em 2017 ainda não foram divulgados).

Fórum

Para conscientizar empresários, gestores e colaboradores sobre o tema, a Associação Mineira de Supermercados (AMIS) organiza um Fórum de Prevenção de Perdas na próxima terça-feira, dia 13 de março, em Belo Horizonte. Serão apresentadas palestras com especialistas do assunto e um talk show com os exemplos de empresas que conseguiram minimizar o problema e as estratégias adotadas.

A programação começa às 8h30 e vai até as 17h. Entre os palestrantes e debatedores estão empresários como o presidente da AMIS, Alexandre Poni, diretor do Verdemar, e os vice-presidentes Gilson de Deus Lopes, do Supermercado 2B; Euler Nejm, do Super Nosso, e Navarro Cândido, do Super Luna. Além desses nomes, estão profissionais como o superintendente da Abras, Márcio Milan; Andréa Maia, da rede de supermercados Coop (SP); Mônica Reimberg, do Sonda Supermercados (SP) e Cristiana Araújo, da Drogaria Araújo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *