Grupo Boticário assume compromisso público para eficiência hídrica

A maior rede de franquias em cosméticos do mundo se une a outras empresas para contribuir com a segurança hídrica do Brasil

Nesta semana, o CEO do Grupo Boticário e Presidente da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, Artur Grynbaum, juntamente com outros 17 líderes empresariais brasileiros, assumiu o compromisso de promover maior eficiência hídrica em suas operações e potencializar as iniciativas conduzidas pela Fundação. Por meio do Compromisso Empresarial para a Segurança Hídrica, construído pelo CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável) e parte de suas empresas associadas, o Grupo Boticário, maior rede de franquias em cosméticos do mundo, demonstra que é possível crescer gerando valor para a sociedade e contribuindo para a segurança hídrica do Brasil.

O compromisso, que pretende ser uma referência nacional sobre a contribuição das empresas para segurança hídrica do Brasil, concentra desafios relacionados a gestão da água nos processos produtivos e ao engajamento da cadeia de valor, até 2025. Neste período, o compromisso do Grupo Boticário é reduzir em 60% o consumo de água relativo a suas fábricas. “O futuro que queremos construir precisa começar hoje. Por isso, o Grupo Boticário, com seus mais de 300 milhões de produtos fabricados por ano, e a Fundação Grupo Boticário, que é a maior financiadora privada de projetos de conservação da natureza do Brasil, se comprometem a contribuir para a geração de valor para a sociedade, promovendo a segurança hídrica do Brasil”, afirma Artur Grynbaum.

“Há mais de 27 anos, a Fundação contribui para a proteção de ambientes naturais que são essenciais à produção de água em qualidade e quantidade”, destaca a diretora executiva da Fundação Grupo Boticário e gerente de sustentabilidade do Grupo Boticário, Malu Nunes. Como exemplo, a Fundação criou e mantém duas reservas naturais, uma na Mata Atlântica e outra no Cerrado – bioma onde nascem os rios que abastecem as três principais bacias hidrográficas do país. Também apoia ações de conservação da natureza por meio de editais públicos desde 1991, sendo que do total de 1.528 iniciativas apoiadas, 358 projetos foram voltados para conservação de ambientes fluviais, lacustres, costeiros e marinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *