Projeto Alimentar ajuda famílias carentes da região do bairro Maracanã

Uma infância pobre e cheia de restrições, inclusive alimentares. Esses foram os ingredientes que levaram a marketológa Pollyana Alves a criar o Projeto Alimentar, uma ação social que já  existe há três anos, no bairro Maracanã, na Regional Sede/Centro, atendendo vários bairros da região.

Segundo Pollyana, idealizadora e coordenadora do projeto, o Alimentar é uma ação totalmente independente, sem nenhum vínculo partidário ou recurso público, e tem como objetivo promover a saúde, visando o desenvolvimento da criança e do adolescente e apoiando famílias carentes e instituições sociais. “Hoje atendemos 300 famílias cadastradas no Projeto Alimentar, com doações de frutas, legumes, cestas básicas, enxovalzinho de bebê, roupas, sapatos, brinquedos, móveis etc, que conseguimos através de parcerias, como as doações feitas por comerciantes da CeasaMinas, e voluntários que acreditam em nosso trabalho”, destacou Pollyana.

Segundo ela, o projeto funciona em três salas e, além da assistência social, o Alimentar oferece assistência direta á instituições como creches, orfanatos, igrejas e asilos, dependendo da quantidade de doações arrecadadas. “Nosso Projeto cresce a cada dia e hoje contamos também com atendimentos jurídico e oftalmológico, gratuitos”, afirmou, acrescentando que o objetivo é transferir o projeto para uma sede maior, com mais especialidades, para melhor atender as famílias, uma vez que a demanda é muito grande. “Para concretizar esse sonho isso, precisamos da ajuda de voluntários e parceiros, e assim, conseguir atender as necessidades daqueles que precisam”, finalizou.

O Projeto Alimentar funciona na Rua Doutor Luiz Ench, n 250, bairro Maracanã, Contagem. Quem puder ajudar pode entrar em contato pelo telefone 31 98836-3112 e falar diretamente com a coordenadora. Instagran @projetoalimentar4 – Facebook: Projeto Alimentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *