McDonald´s decide parar de entregar canudo de plástico aos clientes

Sabe aquele canudo plástico descartável que costuma vir junto com uma bebida? Recentemente seu uso vem sendo questionado devido aos impactos ambientais. E a campanha contra o uso de canudinhos de plástico, aos poucos, ganha mais adeptos. Nesta sexta-feira, a rede de fast-food McDonald’s anunciou que vai entregar canudos apenas aos clientes que pedirem. 

A Arcos Dorados, fraqueada do McDonald’s que administra as unidades no Brasil e América Latina, informou que essa prática será implementada primeiro no Brasil e, nos próximos meses, se estenderá aos demais países da América Latina e Caribe em que a franqueada opera. Segundo a empresa, a decisão de parar de entregar canudos de maneira voluntária aos clientes reforça o compromisso da empresa com a sociedade e o meio ambiente, promovendo melhorias contínuas as suas embalagens.

A franqueada de lanches declarou ainda que utiliza embalagens de fontes renováveis, recicladas ou certificadas até 2025, em todos os seus restaurantes. “Isso é parte dos novos objetivos globais, e nos permite contribuir de maneira efetiva para a mudança de cultura e comportamento da cadeia de suprimentos e do público em geral, para que todos possam viver em um planeta melhor”, afirmou Paulo Camargo, presidente da divisão Brasil da franquia.

Em junho, o McDonald’s anunciou a intenção de tirar de circulação de suas lojas do Reino Unido a opção feita com plástico. O Estado de Minas entrou em contato com a franquia Arcos Dorados para saber se a empresa pretende substituir os canudos de plástico por produtos de outro material, e aguarda resposta.

Outras empresas também já aderiram ao movimento. No início do mês, a Starbucks anunciou que até 2020 deixará de usar o acessório em todas as 28 mil lojas no mundo. No Brasil, quem já aderiu à novidade foi a cidade do Rio de Janeiro, por meio de uma lei municipal sancionada na semana passada pelo prefeito Marcelo Crivella. Bares, restaurante e quiosques só poderão oferecer canudos de papel reciclável.

Por que evitar canudos descartáveis?

Apesar de ter uma vida útil de aproximadamente 10 minutos – tempo médio que se gastaria para tomar um refrigerante – o canudo de plástico demora cerca de 200 anos para se decompor na natureza. Boa parte desse material acaba indo para os mares e, além da poluição, causa a morte de várias espécies.

Em 2015, o vídeo de uma tartaruga com um canudinho entalado em suas narinas viralizou na internet, e deu forças à campanha contra o canudinho. A rainha da Inglaterra, Elizabeth II, inclusive, decidiu proibir produtos de plástico em todo o Reino Unido.

Entre as opções que surgiram para substituir o produto estão a que usa papel, vidro, aço e bambu no lugar da matéria-prima obtida do petróleo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *