Prof. Irineu é eleito presidente da Comissão de Turismo e Gastronomia da ALMG

Deputado Professor Irineu – Foto Luiz Santana

O Deputado Estadual Professor Irineu (PSL) vai presidir  a Comissão Extraordinária de Turismo e Gastronomia, da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, criada no último dia4, e que terá como finalidade a elaboração e a célere aprovação de leis e projetos que promovam e estimulem o setor turístico do Estado de Minas Gerais.

A ampliação do valor adicionado pelo setor do turismo ao PIB Mineiro, como mais uma das ações de superação da crise econômica e fiscal de Minas Gerais, é uma da razões que fundamentaram a criação da comissão, a princípio, em condição extraordinária.

Logo após sua eleição para a presidência da Comissão, Professor Irineu falou dos desafios e expectativas para os trabalhos que o aguardam.

“Já nos ensinou Guimarães Rosa que ‘Minas são muitas. Porém, poucos são aqueles que conhecem as faces mil faces das Gerais’. Nosso estado tem grandes potencialidades turísticas a serem ricamente exploradas. Um breve exemplo: daqui a dez dias celebraremos a Semana Santa. Várias cidades mineiras se tornam belíssimos pontos turísticos, pelas tradicionais encenações da paixão de Cristo. Só esse evento ilustra a nossa grande potencialidade para o turismo religioso. O mineiro é um povo marcado por sua forte religiosidade, que se aflora em diferentes manifestações de fé, ao longo de todo o ano”.

Professor Irineu também destacou a potencialidade de Minas Gerais para o turismo ecológico, pelo grande número de trilhas, serras, matas, cachoeiras e montanhas, juntamente com as infinitas possibilidades o Estado oferece para o Turismo Cultural. “Qualquer que seja o roteiro turístico, ganhará especial experiência pelos temperos e as receitas da gastronomia que são próprias da nossa gente”.

Tomando como base os números da série “Estatísticas & Informações”, desenvolvida pela Fundação João Pinheiro, o presidente da Comissão Extraordinária de Turismo e Gastronomia comentou a ainda pequena participação do Turismo formação do PIB de Minas Gerais. “O levantamento, que avaliou a série histórica entre os anos de 2010 e 2014, aponta que o turismo representou apenas 3,72% na participação no acumulado produtivo do Estado. Tenho certeza que com a articulação de um trabalho com as associações do trade turístico mineiro, juntamente com a Secretaria de Estado de Turismo, vamos produzir muito mais emprego e renda”.

Professor Irineu finalizou destacando parcerias com o Ministério do Turismo. “É uma janela de oportunidade singular, já que o mineiro Marcelo Álvaro Antônio está hoje à frente do Ministério do Turismo. Tenho certeza que importantes parcerias serão celebradas com o seu apoio”.

Composição da Comissão Extraordinária de Turismo e Gastronomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *