Casa da Cultura Nair Mendes Moreira será totalmente restaurada

Fotos Divulgação

Um importante patrimônio histórico de Contagem, a Casa da Cultura Nair Mendes Moreira será totalmente restaurada. O anúncio foi feito pelo prefeito Alex de Freitas, dentro das comemorações dos 109 anos de Contagem, com a assinatura da Ordem de Serviço (OS) para autorizar o início das obras de reparação do imóvel.

“É importante que as novas gerações tenham acesso e sintam-se conectadas com o passado e o desenvolvimento de um povo. Isso gera maior consciência, identificação, orgulho e zelo pela cidade. Para nós, deste governo, possibilitar a reabertura da Casa da Cultura significa devolver a identidade desta cidade”, destacou o prefeito.

Para a execução da obra, a Prefeitura de Contagem investirá mais de R$ 1,3 milhão por meio do Fundo ICMS Patrimônio Cultural. As obras serão realizadas por uma empresa especializada em restauração e estão previstas para serem concluídas em até 150 dias. A intervenção será acompanhada pelo Conselho Municipal de Cultura e do Patrimônio Ambiental e Cultural de Contagem (COMPAC), composto por representantes do poder público e da sociedade civil.

Segundo Alexandre Valadares, secretário municipal de Cultura, Esporte e Juventude (Secej), a recuperação contempla toda a parte estrutural e elétrica do imóvel. “Vamos reconstruir toda a parte interna da casa, trocar o telhado e o piso de tábua de madeira, pintar, renovar a parte elétrica que, infelizmente, foi completamente furtada. Também vamos construir um banheiro para uso coletivo. Atualmente, a casa não dispõe de um banheiro específico para visitantes. E, além disso, vamos recuperar o espaço externo de convivência para a promoção de atividades culturais”, explicou.

Estiveram presentes na assinatura o vice-prefeito William Barreiro, o secretário de Obras e Serviços Urbanos, João Batista dos Mares Guia, e o subsecretário da Secej, Mário Fabiano.

Museu Histórico de Contagem

Edificada no século XVIII, a Casa da Cultura Nair Mendes Moreira é considerada a casa mais antiga da cidade e um dos núcleos de origem da antiga “Contagem das Abóboras”. A construção simboliza o “posto de registro” instalado na região por volta do ano de 1716. Foi restaurada em 1991 e tombada pelo Decreto 10.060, de 14 de dezembro de 1998. Em 2007, foi reconhecida pelo Instituto Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como primeiro museu de Contagem.

Antes da depredação e do incêndio que culminaram com a interdição da edificação, o local era o Museu Histórico de Contagem e abrigava o Departamento de História, Memória e Patrimônio Cultural do Município com significativo acervo documental sobre a história da cidade. “Nossa expectativa é retornar com todo o acervo, que inclusive está intacto, resgatando o significado e a funcionalidade do imóvel. Queremos reabri-lo para visitações, pesquisas e outras ações voltadas à educação patrimonial, com galeria para exposições e espaço para lançamento de livros e saraus”, informou o secretário de Cultura, Esporte e Juventude.

Para o vice-prefeito William Barreiro, a restauração da Casa da Cultura é um passo importante da atual gestão para estimular o acesso e desmistificar a impressão de que nenhum governante em Contagem se preocupa com a cultura. “A antiga Estação Bernardo Monteiro foi recuperada, assim como houve a reforma do telhado da Casa Azul, no Centro Cultural. Também estamos nos empenhando para obter recursos para iniciar a recuperação da Casa de Cacos. Enfim, uma série de ações em favor da preservação da história de Contagem”, ressaltou.

A Casa da Cultura Nair Mendes Moreira está localizada na rua Praça Vereador Josias Belém, nº 1 – Centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *